A VONTADE DE DEUS

“Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.” (Mateus 6.10)

Por que oramos? Na maioria das vezes porque nos sentimos necessitados e queremos a ajuda de Deus. Por isso temos a tendência de orar mais em determinadas épocas que em outras. Isso acontece porque nos concentramos em apenas um aspecto da oração: a possibilidade de apresentar a Deus nossos pedidos. E aí oramos mais na medida em que nos sentimos mais necessitados. Nossa vontade é a motivação. Às vezes mais do que a vontade de Deus, que nos ama e é bom e cuja vontade é boa, perfeita e agradável (Rm 12.2). O melhor é que oremos para estar com Deus e conhece-lo mais. Para com isso ser mais capazes da submissão que nos coloca mais em harmonia com a vontade de Deus.

“Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade”. É assim que Jesus disse que devemos orar. Mas, o que entendemos sobre a vontade de Deus e seu lugar em nossa vida? Quando consideramos a vontade de Deus, muitas o fazemos querendo saber o que Deus pensa a respeito das questões que nos afligem ou interessam. Queremos “saber” a vontade de Deus nas diversas questões da vida, especialmente de nossa vida privada, de nosso mundo particular. Temos a tendência de nos desviar do caráter de nossa fé, que é comunitário, que envolve-nos com os outros. Ocupamo-nos apenas de nós mesmos. A oração fala de pedirmos para que “seja feita” a vontade de Deus e não que nos “seja revelada”. Porque ela já nos foi revelada. Jesus veio para nos revelar a vontade de Deus e a oração de Jesus é um chamado ao compromisso com essa vontade.

“Venha o teu reino, seja feita a tua vontade” deve significar que estamos comprometidos com a vontade de Deus. Deve significar que é o que realmente queremos ver acontecendo. E então olhar para a vontade de Deus revelada e nos colocar a caminho para cumpri-la em nossa própria vida. Os profetas falaram dessa vontade (Mq 6.8). E Jesus declarou que os que fazem a vontade de Deus é que estão ligados a Ele (Mc 3.35). A vontade de Deus se expressa em Seu Reino, em que a lei é amar, inclusive os inimigos, e perdoar generosamente. Nele aprendemos a alimentar quem tem fome, a lutar para que a justiça prevaleça, a cuidar da criação, a controlar nossos impulsos, assim como nossa sede de consumo. O Reino de Deus inspira o cuidado, a partilha, a generosidade, a compaixão. Faz-nos ansiar por um mundo diferente e a trabalhar por ele. A vontade de Deus pode custar a nossa. Mas é nela que está a vida, a alegria e a paz que tanto desejamos! Que venha o Reino e que a vontade de Deus seja feita em minha vida e em sua vida!

 

ucs

 

Espaço para anuncio ou banner
Sobre Devocional Evangélico 178 Articles
Encontre mensagens para o seu devocional com Deus. As mensagens biblicas do devocional evangélico publicadas no jornal O Sollo farão a diferença no seu dia!

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*