Banco do Brasil bloqueia verbas para Bahia e senadores pedem explicação

O bloqueio de 600 milhões de reais de verbas que seriam investidas em educação, mobilidade e infraestrutura nos municípios da Bahia chamou a atenção dos senadores Lídice da Mata (PSB-BA), Otto Alencar (PSD) e Roberto Muniz (PP).

A liberação dos recursos tevê parecer favorável no primeiro semestre da Secretaria de Tesouro Nacional, da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e do Ministério da Fazenda, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 13 de julho último, e faltava apenas a assinatura da diretoria do banco para liberação do empréstimo.

A bancada baiana do Senado assinou um requerimento convidando o presidente do Banco do Brasil a comparecer à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado para esclarecer a não assinatura dos contratos de crédito.

Os senadores baianos acusam o governo Temer (PMDB) de retaliar a gestão do governador Rui Costa (PT) por ordem do DEM, partido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do prefeito de Salvador, ACM Neto, que integram a base do peemedebista e fazem oposição ao petista.

Espaço para anuncio ou banner

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*